Acupuntura Sistêmica

O QUE É ACUPUNTURA SISTÊMICA?

sistemica

Há mais de 4 mil anos, os chineses utilizam a acupuntura como meio para a cura e tratamento de diversos males. A técnica consiste em encontrar a harmonia do corpo e da mente através de canais, conhecidos como “meridianos de energia”, que percorrem todo o corpo. O tratamento é feito através da inserção de finíssimas agulhas em determinados pontos dos canais, que são chamados de “pontos de acupuntura”. A estimulação desses pontos permite a ativação ou sedação da energia que circula ao longo desse meridiano.

Esta energia é a que regula todos os órgãos de nosso corpo, permitindo que estejamos sempre em harmonia com nossos pensamentos e emoções. Com isso, conseguimos o estado de plena saúde.

A colocação das agulhas provoca pouca ou nenhuma dor. E pode ser realizada sem o uso de agulhas, sendo substituídas por outros instrumentos que atuam da mesma forma.

O tratamento abrange a maioria das doenças, sendo que para cada caso, exige-se uma avaliação prévia, quando o acupunturista poderá então considerar qual o tratamento mais adequado, bem como os resultados que serão obtidos.

Considerando-se que a acupuntura não envolve o uso de medicamentos e seus efeitos colaterais, a sua atuação final é considerada menos custosa em termos não apenas financeiros, mas também no ganho em saúde geral do paciente.

INDICAÇÕES MAIS COMUNS PARA O USO DA ACUPUNTURA:

  • Fibromialgia
  • Dores lombares,
  • Desvios de coluna,
  • Artrose (bico de papagaio) dos joelhos, coluna, pescoço, ombro (bursite), cotovelo e etc,
  • Artrites,
  • Espondilite anquilosante,
  • Tendinites,
  • Esporão do calcâneo,
  • Traumas esportivos,
  • Problemas do nervo ciático,
  • Estresse,
  • Depressão,
  • Dores do nervo trigêmeo,
  • Bruxismo,
  • Labirintite,
  • Insônia,
  • Falta de memória,
  • zumbidos,
  • AVC (derrame cerebral),
  • Paralisia facial,
  • Enxaqueca,
  • Tabagismo,
  • Abuso de drogas.
  • Hipo e hipertireoidismo,
  • Obesidade,
  • Diabetes,
  • Síndrome dos ovários policísticos,
  • Infertilidade,
  • Tensão pré-menstrual,
  • Endometriose,
  • Mioma uterino,
  • Síndrome do climatério (sintomas da menopausa),
  • Cólicas menstruais,
  • Falta de libido (ausência de vontade de fazer sexo),
  • Vaginismo,
  • Dor à relação sexual,
  • Ejaculação precoce,
  • Disfunção erétil,
  • Asma,
  • Rinite,
  • Sinusite,
  • Apnéia do sono.
  • Dermatites de contato e alérgicas,
  • Psoríase,
  • Gastrite,
  • Úlcera,
  • Refluxo gastroesofágico,
  • Dispepsias,
  • Prisão de ventre
  • E outras.